Tags

,

Quarenta e cinco anos caminhando lado a lado.
Unidos nas alegrias e nas desventuras…
Vivendo sonho de um reino encantado,
Ao despertar, escravo acorrentado de amarguras.

E quando parecia tudo acabado
Eis que surge a Providência das Alturas.
Assim, como um sopro Divinal Sagrado
Aparece a luz nas estradas escuras.

Sons de Clarins já vem se anunciando.
O dia de ser livre vem amanhecendo
E a aurora do amanhã acompanhando

No Amor que me ofertaste a vida inteira
Encontrei a paz que ora estou vivendo
Que Deus te abençoe, oh! Santa Companheira.

Não representam lá grande coisa esses versos , pela falta de recursos do autor nesse ramo, entretanto é a minha oração de fé em Deus e na Santa Rosa que perfuma meus dias, meu caminho e a minha vida. A vida ás vezes nos ensina que somente somos felizes ás custa de algum sacrifício. Isso me faz lembrar as estrofes de um verso muito conhecido que diz assim: “O homem que passou pela vida e não sofreu, passou pela vida e não viveu”.

Publicado originalmente em Agosto de 2006.

Anúncios